Google+ Followers

Anúncio Google

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

SERVIDORES DA PREFEITURA DO RIO SÓ PERDEM NO GOVERNO DE MARCELO CRIVELLA


MÃO DE TESOURA NÃO POUPA NEM OS SERVIDORES QUE TEM DEFICIÊNCIA FÍSICA E PRECISAVAM DO PROGRAMA DE ÓRTESES E PRÓTESES.


A MATÉRIA DO JORNAL EXTRA, mostra bem, o TAMANHO DA TESOURADA que Marcelo Crivella vem DANDO no FUNCIONALISMO MUNICIPAL. 

Além de não cumprir nenhuma das promessas de "CONCEDER" aos servidores, como no caso do PCCS da SAÚDE e dos ADMINISTRATIVOS, ele NÃO PAGOU o ACORDO DE RESULTADOS DE 2016, NÃO ADIANTOU COMO ERA TRADICIONALMENTE FEITO, METADE DO DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO, E NÃO CONCEDEU O REAJUSTE ANUAL PREVISTO EM LEI.

NÃO DÁ E AINDA TIRA

"Homem de DEUS" ?? como se auto-intitula, Marcelo Crivella CORTOU gratificações, e no âmbito do PREVI-RIO, vem promovendo uma POLÍTICA DE ARRASA QUARTEIRÃO.

Não poupou nem o AUXÍLIO ÓRTESE E PRÓTESE, que atendia SERVIDORES com DEFICIÊNCIA FÍSICA. CADEIRAS DE RODAS, APARELHOS AUDITIVOS, "PERNAS MECÂNICAS"... De alto custo, são inacessíveis aos SERVIDORES pelos meios NORMAIS.

O servidor que não estiver satisfeito, deve ir se QUEIXAR AO BISPO.

terça-feira, 3 de outubro de 2017

SERVIDORES DA PREFEITURA DO RIO FAZEM PROTESTO CONTRA GOVERNO CRIVELLA


PROFESSORES FAZEM PARALISAÇÃO DE 24 HORAS - ATO / PROTESTO EM FRENTE À SEDE DA PREFEITURA NA CIDADE NOVA - 10 HORAS

GARANTIA DE PAGAMENTO DO 13o. SALÁRIO

GARANTIA DE PAGAMENTO DO ACORDO DE RESULTADOS 2016

REAJUSTE SALARIAL CONFORME DETERMINA A LEI, COM BASE NO IPCA-E ACUMULADO.

RESPEITO, DIÁLOGO, TRANSPARÊNCIA, SEM MISTURA DE RELIGIÃO E POLÍTICA.

O SERVIDOR PÚBLICO NÃO PODE PAGAR A CONTA DOS ERROS, DA CORRUPÇÃO E DA INCOMPETÊNCIA DOS POLÍTICOS E GOVERNANTES.

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

PONTO FACULTATIVO ! VEREADOR QUER ACABAR COM ELE NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO !



O VEREADOR Leandro Lyra, do partido (Novo), quer acabar com a concessão de ponto facultativo a servidores municipais do Rio de Janeiro. 

Ele apresentou um projeto nesse sentido, com o argumento de igualar a atividade pública ao setor privado, manter os serviços da cidade em funcionamento normal sempre, e ajudar fazer frente ao problema financeiro da Cidade.

Qual a sua opinião sobre isso ?

VOTE aí ao lado na NOSSA ENQUETE / PESQUISA DE OPINIÃO, e deixe seu comentário na nossa caixa.

Sua opinião é muito importante.

sábado, 30 de setembro de 2017

CRIVELLA RECUA E DIZ QUE VAI VOLTAR A PAGAR AUXÍLIO TRANSPORTE AOS SERVIDORES DA EDUCAÇÃO

SÃO OS ÚNICOS QUE COM SALÁRIOS ACIMA DE QUATRO MÍNIMOS, RECEBIAM O AUXÍLIO.

Comprovando que é um governo INSTÁVEL, e que toma medidas que não são suficientemente avaliadas, visto a quantidade de situações em que tem de RECUAR, DESDIZER, VOLTAR AO QUE FAZIA ANTES, o prefeito Marcelo Crivella GARANTIU que vai editar um decreto e reverter a decisão em relação ao AUXÍLIO TRANSPORTE dos servidores da EDUCAÇÃO.

O BLOG acha justo, principalmente pelo fato de o corte (R$ 167,20 a 20.483 funcionários vinculados à Secretaria Municipal de Educação) ter pego de surpresa os servidores, e também, por ser o valor de quatro salários mínimos  (R$ 3.748,00) utilizados como TETO para o pagamento do auxílio, baixíssimo. Achar que uma pessoa que ganha (BRUTO) algo em torno de R$ 5.000,00 NÃO PRECISA DE AUXÍLIO TRANSPORTE é coisa d equem não conhece a realidade econômica r financeira das famílias brasileiras.

O pessoal chega no final do mês, NO OSSO !

Agora, é preciso ver que não são apenas os servidores da EDUCAÇÃO que precisam desse AUXÍLIO.

ATUALIZAÇÃO
O PREFEITO PUBLICOU DECRETO ONTEM REVERTENDO A DECISÃO ANTERIOR, e os aproximadamente 20 MIL servidores da educação receberão em BREVE o valor do auxílio transporte.

O VALOR PAGO AGORA, foi adequado ao preço da passagem / tarifa dos ônibus na CAPITAL - R$ 3,60 X 22 DIAS

Foto Divulgação Prefeitura

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

SERVIDORES DA EDUCAÇÃO DA PREFEITURA DO RIO DE JANEIRO PERDEM VALE TRANSPORTE

VÁ SE QUEIXAR AO BISPO

GOVERNO MARCELO CRIVELLA MANDA CORTAR AUXÍLIO DE APROXIMADAMENTE R$ 170,00 MENSAIS DE 20 MIL SERVIDORES DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO, QUE GANHAM ACIMA DE R$ 3.748,00. BOA PARTE DOS ATINGIDOS PELO CORTE É DE PROFESSORES. 

Covardia tem como desculpa a recomendação do TCM. 

Ocorre que, a recomendação foi feita no ano passado, e o PREFEITO, se quisesse, já poderia ter alterado o valor do teto dos SALÁRIOS que dão direito a receber o VALE TRANSPORTE. Para quem ganha MAL, como os professores do RIO ganham, essa quantia faz enorme diferença.

Além do mais, é um ANO que vai se revelando extremamente difícil para os SERVIDORES DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO. Não receberam até hoje o REAJUSTE ANULA que por FORÇA de LEI tem direito.

O TRADICIONAL ADIANTAMENTO de 50% do 13o. salário não foi concedido.

O ABONO DE DESEMPENHO de 2016 - Chamado de 14o. salário - NÃO FOI PAGO até hoje.

E os servidores vivem na incerteza do futuro, diante do passado recente e presente, das decisões, idas e vindas, promessas não cumpridas e evidente desprezo do PREFEITO pelo seu funcionalismo.


quarta-feira, 27 de setembro de 2017

NOTA CARIOCA - ATENÇÃO ! ÚLTIMOS DIAS PARA GARANTIR DESCONTOS NO IPTU 2018


AVISO 
EXPEDIENTE DE 26.09.17 

A Secretaria Municipal de Fazenda encerra no dia 30/9, o prazo para o direcionamento de créditos da Nota Carioca aos imóveis escolhidos para obter abatimentos no IPTU 2018. Os contribuintes podem realizar o procedimento de transferência de valores no site do programa e garantir descontos de até 100% para um ou mais imóveis, comerciais e residenciais, localizados no município do Rio. 

Podem ter créditos disponíveis no sistema pessoas físicas cujos CPF´s estejam identificados no documento fiscal emitido e pago, pelo prestador de serviço, desde 1º de outubro de 2015. 

O abatimento no IPTU 2018 pode alcançar até mesmo imóveis com débitos do imposto, excluindo aqueles que possuem apenas cobrança de TCL - Taxa de Coleta Domiciliar de Lixo. 

O programa permite ainda que o valor seja direcionado a um mesmo imóvel por CPF´s distintos, sem que haja necessidade de o contribuinte ser o proprietário do imóvel beneficiado. Para reduzir o valor do IPTU é preciso se cadastrar no programa e possuir saldo mínimo de R$1,00. 

Neste ano, cerca de R$ 108 milhões em créditos da Nota Carioca estão disponíveis aos contribuintes da cidade e podem ser resgatados também em dinheiro, por meio de depósito em conta corrente. 

Essa modalidade do programa de benefícios exige saldo mínimo de R$ 25,00 em créditos acumulados e pode ser solicitada pelo contribuinte mensalmente. Validade dos créditos Os créditos da Nota Carioca permanecem ativos no sistema até o mês de setembro do segundo ano seguinte a que foram gerados. 

Por isso, os créditos gerados em 2015, cerca de R$44 milhões, perderão a validade em 30/09, caso não sejam utilizados para abatimento no IPTU ou resgatados em dinheiro. 

O SITE DA NOTA CARIOCA

terça-feira, 26 de setembro de 2017

PREFEITURA DO RIO DE JANEIRO DECRETA CALOTE NOS SEUS FORNECEDORES !

FORNECEDORES VÃO TER QUE SE QUEIXAR AO BISPO

Vai ser um FINAL DE ANO complicado para a CIDADE DO RIO DE JANEIRO. Devido a queda na arrecadação, e para não ferir limites máximos de gastos, a PREFEITURA está adotando medida que, na prática significa um calote nos seus fornecedores e prestadores de serviço, para as obrigações que vençam a partir de 04 de outubro. Cortes já vem sendo feitos em todas as áreas e, não se pode deixar de ficar com uma "pontinha" de preocupação até em relação aos salários de TERCEIRIZADOS via OSs e até mesmo estatutários. A qualidade dos serviços oferecidos pela prefeitura deve se deteriorar.



Dispõe sobre a limitação de empenhos e liquidações para o exercício financeiro de 2017 e dá outras providências. 

O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais, e CONSIDERANDO o baixo desempenho da arrecadação municipal originária de recursos Ordinários Não Vinculados do Tesouro Municipal;CONSIDERANDO medidas complementares ao disposto no Decreto Rio nº 42.728, de 1º de janeiro de 2017 e no Decreto Rio nº 42.926, de 8 de março de 2017; CONSIDERANDO o caput do Art. 9º da Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000 - Lei de Responsabilidade Fiscal; CONSIDERANDO o disposto no §1º do Art. 37 da Lei nº 6.088, de 21 de julho de 2016 - Lei de Diretrizes Orçamentárias para o Exercício Financeiro de 2017; CONSIDERANDO o disposto no Art. 24 da Lei nº 6.122, de 29 de dezembro de 2016 - Lei Orçamentária Anual para o Exercício Financeiro de 2017; e CONSIDERANDO o princípio da publicidade previsto no Art. 37 da Constituição da República Federativa do Brasil; DECRETA: 

Art. 1º Fica limitada a 04 de outubro de 2017 a data para emissão de notas de empenhos originários de fonte de recursos Ordinários Não Vinculados do Tesouro Municipal. 

Art. 2º Fica limitada a 10 de outubro de 2017 a data para digitação das liquidações no Sistema FINCON, das despesas originárias de fonte de recursos Ordinários Não Vinculados do Tesouro Municipal. 

Art. 3º Excluem-se do disposto nos art. 1º e 2º as despesas relacionadas abaixo: 

I - pessoal, encargos sociais e benefícios sociais; 
II - obrigações tributárias e contributivas; 
III - juros, encargos e amortização da dívida pública; e 
IV - precatórios, sentenças judiciais, custas e depósitos compulsórios. 

Art. 4º Fica limitada a 28 de setembro de 2017 a data de entrada na Subsecretaria do Orçamento Municipal da Secretaria Municipal de Fazenda - F/SUBOR dos pedidos de abertura de crédito suplementar e/ou liberação de recursos com utilização de fonte de recursos Ordinários Não Vinculados do Tesouro Municipal. 

Art. 5º Ficam indisponíveis os saldos das dotações não reservadas de recursos Ordinários Não Vinculados do Tesouro Municipal. 

Art. 6º Os Órgãos e Entidades Municipais deverão adotar medidas para as adequações contratuais necessárias ao enquadramento do disposto neste Decreto. 

Art. 7º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. 

Rio de Janeiro, 22 de setembro de 2017; 453º ano da fundação da Cidade. 
MARCELO CRIVELLA