Google+ Followers

CALENDÁRIO DE PAGAMENTO 2017

CALENDÁRIO DE PAGAMENTO 2017
PREFEITURA DO RIO DE JANEIRO

domingo, 16 de abril de 2017

NEGOCIA RIO - MUNICÍPIO PARCELA ISS / IPTU / ITBI / TAXAS E MULTAS ADMINISTRATIVAS

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

Programa Negocia Rio dá chance aos devedores do Município de parcelar suas dívidas em até 7 anos

A Procuradoria da Dívida Ativa está convocando 200 mil contribuintes para negociarem seus débitos de IPTU, ISS, ITBI e multas em condições especiais. O programa Negocia Rio, lançado hoje (5/4), permitirá aos devedores pagar de forma ?amigável?, impedindo um aumento de cerca de 15% no valor de suas dívidas.

O acréscimo acontece quando a cobrança da dívida deixa de ser ?amigável? e se torna um processo judicial, que inclui as despesas processuais, obrigatórias (que são os gastos com o andamento do processo na Justiça).

Com o Negocia Rio, o contribuinte que deve ao Município terá a chance de pagar à vista ou parcelar em até 84 vezes sem processo na Justiça. A oportunidade valerá até o dia 30 de junho desse ano, quando o programa será encerrado. 

Por exemplo, uma dívida de R$ 800,00 (oitocentos reais) na fase amigável, aumenta para R$ 1.252,00 (mil duzentos e cinquenta e dois reais), quando se torna um processo judicial.

Após o prazo final do Negocia Rio, não será mais possível pagar na fase ?amigável?, quando o valor do débito é menor, conforme explica o Procurador Geral do Município, Antônio Carlos de Sá.

- Nosso objetivo é oferecer uma chance ao contribuinte e ajudá-lo a ficar em dia com o fisco. Porém, ao fim do programa, a Procuradoria da Dívida Ativa iniciará o processo judicial contra aqueles devedores que não aderirem ao Negocia Rio.

O Procurador lembra que pagar mais caro não é o único prejuízo ao qual o contribuinte está sujeito quando a cobrança passa a ser feita na Justiça.

SERVIÇO

Prazo
Até 30 de junho de 2017

Dívidas
IPTU, ISS, ITBI , taxas e multas administrativas.

Vantagens
Suspensão do início do processo judicial
Parcelamento dos débitos em até 84 vezes
Proteção contra perda do imóvel e bloqueio da conta bancária

POSTOS DE ATENDIMENTO

CENTRO
• Rua Sete de Setembro, 58/A, Centro (De 2ª a 6ª, das 9h às 16h)

• Fórum - Av. Erasmo Braga, 115, Lâmina 1, 6º andar, sala 622, ao lado da 12ª Vara de Fazenda Pública. (De 2ª a 6ª, das 11h às 18h).

• Cidade Nova - Av. Afonso Cavalcanti 455, prédio anexo, térreo (De 2ª a 6ª, das 10h às 16h).

BARRA DA TIJUCA
• Av. Ayrton Senna, 2001 / bloco c (De 2ª a 6ª, das 9h às 16h)

MADUREIRA
• Rua Carvalho de Souza, 274 / sala 6 (De 2ª a 6ª, das 9h às 16h)

CAMPO GRANDE
• Rua Amaral Costa, 140 (De 2ª a 6ª, das 9h às 16h)

BANGU
• Rua Fonseca 240, 2º piso, Centro (De 2ª a 6ª, das 8h às 17h)

INFORMAÇÕES:
www.rio.rj.gov.br/web/pgm e Central Única 1746

segunda-feira, 10 de abril de 2017

PÁSCOA SOLIDÁRIA - AÇÕES E ATIVIDADES ESPECIAIS COM AS CRIANÇAS INTERNADAS EM HOSPITAIS MUNICIPAIS DO RIO

Hospitais fazem campanha solidária para arrecadação de Páscoa 

A Secretaria Municipal de Saúde (Cidade do Rio de Janeiro) promove, neste mês de abril, ação para crianças internadas e em tratamento nas unidades hospitalares da rede. 

A campanha Páscoa Solidária busca animar os pequenos na data comemorativa, distribuindo ovos de chocolate, bombons, barras e coelhos de chocolate, jujuba, desenhos para colorir e máscaras de coelho. 

Nos hospitais municipais Salgado Filho (HMSF) e Souza Aguiar (HMSA) também haverá a visita do coelhinho de páscoa para a distribuição desses presentes e alegrar as crianças. 

Os hospitais estão aceitando arrecadação de itens. 

No Salgado Filho as doações podem ser entregues na Brinquedoteca no 6º andar e no Souza Aguiar na Administração da unidade. 

domingo, 9 de abril de 2017

OS CEM DIAS DO GOVERNO MARCELO CRIVELLA - SEM NADA PARA COMEMORAR

SEM CUMPRIR PROMESSAS - FAZENDO CONTRATAÇÕES SEM LICITAÇÃO - SEM CHECAR CORRETAMENTE AS NOMEAÇÕES FEITAS - SEM "ARGAMASSA" PARA BLINDAR ESCOLAS...

O BLOG faz um BALANÇO muito NEGATIVO dos 100 primeiros dias (completos amanhã) de governo do PREFEITO DO RIO, Marcelo Crivella.


NOMEAÇÕES DUVIDOSAS - A do próprio filho, a da Merendeira que já foi exonerada da Secretaria de Transportes, a do Administrador Regional com vários processos, inclusive por acusações graves...Crivella nomeou até pessoas já falecidas.

PROMETEU DAR, e até agora só tirou, chegando ao ponto de cortar R$ 100,00 de ajuda dos GUARDAS MUNICIPAIS...

Na CAMPANHA falou em investir mais R$ 300 MILHÕES na SAÚDE, e o que se vê é um CORTE BRUTAL, deixando faltar material e medicamento nas UNIDADES. Tem Clínica da Família - No Bairro de Água Santa - subúrbio do Méier - que está com a LUZ cortada...Ameaça cortar o ADICIONAL NOTURNO, e ninguém sabe se vai manter a promessa de implantar o PCCS dos servidores.

Prometeu MAIS VAGAS em CRECHES, e nem mesmo começou a abrir as VAGAS, e já reduziu o número do que pretende de fato entregar...

Disse que enxugar a MÁQUINA, mas...criou MAIS "SUB-PREFEITURAS", entregues nas mãos de CABOS ELEITORAIS. A tão prometida distância entre GOVERNO e RELIGIÃO parece que foi esquecida.

NÃO VAI, pelo menos por enquanto, colocar o BRT de MARECHAL até o CAJÚ, via Avenida Brasil PARA FUNCIONAR. O LEGADO OLÍMPICO virou de fato, um LARGADO OLÍMPICO nas mãos do atual governo.

A DESORDEM URBANA CAMPEIA, e não se NOTA a PRESENÇA da Prefeitura em NADA que atenda as necessidades dos CIDADÃOS.

A ÚNICA COISA QUE PROMETEU E CUMPRIU, foi o não conceder aumento de passagens aos ônibus.

CEM DIAS, SEM MOTIVO PARA COMEMORAR.

LEIA AQUI SOBRE O BALANÇO FEITO PELA IMPRENSA E OBSERVATÓRIOS INDEPENDENTES.

CRIVELLA DE A a Z em O  Globo

sábado, 8 de abril de 2017

CABERJ PODE DEIXAR DE ATENDER PELO PLANO DE SAÚDE DO SERVIDOR MUNICIPAL



PREVI-RIO E CABERJ NÃO CHEGARAM ATÉ AQUI NUM ACORDO SOBRE VALORES DE REAJUSTE DO CONTRATO.

Segundo fontes do Sindicato dos Servidores Públicos do Município do Rio (Sisep-Rio), fontes extra-oficiais do PREVI-RIO e também de um ALERTA passado pelo Vereador Paulo Pinheiro, a proposta apresentada pela CABERJ para continuar ligada ao PSSM, não deve ser aceita pelo PREVI-RIO.

Uma saída da CABERJ, sem a entrada de outra OPERADORA do mesmo porte, traria sérios problemas para os servidores do Município do Rio de Janeiro.

O SISEP se propôs a mediar a negociação entre a Caberj e o Previ-Rio, visando evitar o rompimento do CONTRATO. O diretor jurídico do Sisep, Frederico Sanches, esteve na Caberj e firmou seu compromisso em conversar com o município e o PREVI-RIO.

Até o início de maio próximo, deve ser aberto o período para RENOVAÇÃO / ADESÃO, sem carência, para os servidores do Município fazerem sua opção. O atual contrato vai até 31 de MAIO, e como se vê, o tempo é curto.

A CABERJ não se manifestou.

NOTA DO BLOG - Vamos acompanhar, pois, trata-se de importante questão para os servidores do Município do Rio de Janeiro. 

sexta-feira, 31 de março de 2017

PREFEITURA DO RIO - RECADASTRAMENTO - INATIVOS E PENSIONISTAS - ATENÇÃO !

Recadastramento dos inativos e pensionistas com final 3 termina dia 31
O prazo para o Recadastramento Anual Obrigatório (Prova de Vida) dos servidores inativos da prefeitura, segurados do Instituto, e dos pensionistas do Funprevi, todos com final de matrícula 3, já começou.

O procedimento deve ser feito exclusivamente no Banco Santander, com apresentação de documento de identidade, CPF e qualquer contracheque dos últimos seis meses.

A convocação está sendo feita por número de matrícula. Os primeiros foram os segurados e pensionistas com final de matrícula 1, que tiveram o mês de janeiro para efetuar o recadastramento. Os outros finais seguirão o mesmo modelo: final 3 - março, final 4 - abril, e assim por diante. O processo termina em outubro.

Quando o servidor ou o pensionista possuir duas matrículas, o recadastramento deverá ocorrer no mês referente ao final de matrícula mais próximo ao início do recadastramento. Não será admitido, em nenhuma hipótese, o recadastramento por procuração. 

Caso o servidor ou o pensionista não possa comparecer, por algum motivo, a uma agência do Banco Santander, deverá consultar as regras AQUI, ou entrar em contato com o Disque Servidor, no telefone: (21) 2599-4746, para que seja orientado sobre o procedimento a ser adotado. 

CALENDÁRIO DE RECADASTRAMENTO 2017
 SERVIDOR INATIVO E PENSIONISTA

FINAL DE MATRÍCULA*
MÊS DE RECADASTRAMENTO
1
JANEIRO
2
FEVEREIRO
3
MARÇO
4
ABRIL
5
MAIO
6
JUNHO
7
JULHO
8
AGOSTO
9
SETEMBRO
0
OUTUBRO



· OBSERVAÇÃO: Entende-se como "Final de Matrícula" o último algarismo antes do dígito verificador (ou sexto algarismo).

Exemplo: 000.367-9 tem como final o algarismo 7 e como mês de recadastramento, julho.

As regras do Recadastramento 2017 para os inativos e pensionistas foram publicadas, no D.O Rio, do dia 29 de dezembro.

VEJA A PORTARIA DO RECADASTRAMENTO ANUAL 2017 AQUI

quarta-feira, 29 de março de 2017

Jornal do Brasil diz que subsecretária municipal de transporte será demitida hoje - 29/03/2017

  Já passou da hora de sair, quem nunca deveria ter entrado.  


    Não passa de hoje   
Subsecretária de Transportes está com os dias contados
A escolha da merendeira Kelly Serra do Amaral para comandar a Subsecretaria de Gestão da Secretaria Municipal de Transportes gerou mal-estar entre profissionais da pasta. Indicada pelo secretário Fernando Mac Dowell, Kelly Amaral discutiu com integrantes da equipe e determinou que funcionários só se referissem ao titular da pasta como “vice-prefeito”, cargo que Mac Dowell também acumula. 

A subsecretária municipal de Transportes Kelly Serra do Amaral cometeu uma série de erros graves. Ela não é bacharel em direito, abandonou o curso no 8º período da Universidade Veiga de Almeida, para onde foi transferida em 2014, com a falência da UniverCidade, onde estudava. 

Faltando pouco mais de um ano para se formar, a aluna sumiu da instituição. Nem trancou a matrícula, o que lhe daria a oportunidade de concluir o curso depois. A informação foi confirmada pela Veiga de Almeida. 

No ano passado, ao se candidatar a vereadora pelo DEM, Kelly não apresentou diploma, histórico escolar ou certificado de conclusão ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ), mas estranhamente consta o bacharelado em direito na sua ficha cadastral.

A merendeira pode ser investigada pela Polícia Federal por falsidade ideológica, conforme determinou o procurador regional eleitoral do Rio, Sidney Madruga, que analisa o caso da candidata a vereadora pelo DEM em 2016. 

Em sua declaração ao TRE — em que assumia a responsabilidade pelos dados, observando que poderia responder judicialmente, caso não estivesse falando a verdade, — ela afirma que se formou em 2013 pela Universidade Gama Filho e que a informação poderia ser averiguada. A instituição de ensino, porém, sequer consta em seu histórico. 

Kelly Serra do Amaral está com os dias contados. Deve ser afastada ainda hoje.

NOTA DO BLOG

Manter essa senhora no governo, e ainda por cima num cargo para o qual ela não possui nenhum conhecimento técnico, é uma afronta ao cidadão da Cidade do Rio de Janeiro.

Já a questão da apresentação de documentos ou declarações inverídicas, das quais ela é acusada pela imprensa, parece ser caso de Polícia.

sábado, 25 de março de 2017

ESCALA DE SERVIÇO DA GUARDA MUNICIPAL VAI SER ALTERADA - 12 X 60 HORAS


Guarda Municipal implantará escala de trabalho 12 x 60 horas nos próximos dias
24/03/2017 

O comando da Guarda Municipal do Rio de Janeiro (GM-Rio) implantará, nos próximos dias, a nova escala de 12 horas trabalhadas por 60 horas de descanso. A medida vai contemplar, inicialmente, os 1.900 guardas que atuam em diferentes ações na cidade, como patrulhamento em geral, controle do trânsito e ordenamento urbano. A mudança atende ao pleito de toda a categoria e foi aprovada pelo prefeito Marcello Crivella, após estudo de impacto do efetivo, realizado pela Diretoria de Operações (DOP), que conseguiu limitar em 3% a redução nas ruas.

O percentual é menor do que a média de 10% dos GMs afastados nos últimos dois anos por problemas de saúde provocados pelo prolongado tempo de trabalho em pé e pouco descanso.

- Estamos proporcionando mais qualidade de vida para o nosso guarda. A mudança será feita aos poucos e estou contente em ter conseguido atender a esse pleito. Com a nova escala, esperamos preservar a saúde dos profissionais e reduzir o número de afastados e readaptados por problemas sérios que muitos adquirem na coluna, por exemplo, por ficarem muito tempo em pé e não descansarem o tempo necessário - destacou a inspetora geral Tatiana Mendes, comandante da GM-Rio.

Com o efetivo total de 7.500 guardas, sendo 800 em processo de readaptação por problemas de saúde, a GM-Rio mantém ainda servidores nas escalas 5x2, 12x36 e 24x72 horas.